Aprendizagem experiencial - a importância de vivenciar para compreender

Atualizado: Fev 18

Metodologias ativas. Aluno protagonista. Autonomia do estudante. Aprendizagem por projetos.


Não faltam termos para falar de uma nova educação. Uma educação que dará às crianças as ferramentas para atuar no mundo complexo.


Aos professores, educados num modelo fordista, conteudista e disciplinador, resta ler, estudar e tentar entender a nova demanda que se apresenta. O que tenho visto ao longo desses anos, entretanto, é que há uma distância entre o entendimento, a compreensão que ocorre no nível da cognição e a real inCORPOração desse novo conhecimento. A pessoa entende com a cabeça mas não consegue atuar de maneira coerente pois não experienciou aquilo na sua própria formação..


Nos últimos anos temos baseado as formações da Wish na lógica da homologia de processos.


Trabalhamos com os professores da mesma forma que gostaríamos que eles trabalhassem com os alunos. Desse modo eles têm participação nas decisões, espaço para colocar seus melhores talentos a serviço do coletivo, autonomia para estudar sozinhos e/ou em pequenos grupos, liberdade para criar seus próprios instrumentos de avaliação, oportunidades para autorreflexão e feedback… Enfim, tudo aquilo que entendemos que eles precisam "sentir na pele" para que possam proporcionar a seus alunos de maneira autêntica e verdadeira.


O desconforto que o professor sente ao ter que trabalhar num agrupamento que ele não está habituado faz com que ele tenha mais empatia e entenda os alunos que tendem a não desgrudar de seus pares. A dificuldade em escolher um tema para pesquisa faz com que se relacione melhor com aquele aluno que realmente não sabe o que fazer (e não está "enrolando"). O respeito que ele percebe de seus formadores para seus momentos de maior cansaço, ou de confusão faz com que ele passe esse respeito adiante. O momento que ele se percebe escolhendo uma proposta porque ela está mais "convidativa" que a outra faz com que ele se atente à estética de suas próprias ofertas aos alunos.


E você gestor? Está dando ao seu professor a autonomia e espaço para criar que pede que ele dê a seus alunos? E você professor? Está vivenciando cursos e propostas que te coloquem nesta posição central?


"Ninguém facilita o desenvolvimento daquilo que não teve a oportunidade de aprimorar em si mesmo. Ninguém promove a autonomia que não pôde construir." (Guiomar Namo de Mello)


Andressa Lutiano

Especialista em Inovação e Educação Transformadora

Sócia-fundadora Wish School


0 visualização

Rua São Gil, 159 - Tatuapé, São Paulo  |  TEL: (11) 2659-0486        97692-9234

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon