top of page

Escola bilíngue: o que é e por que é importante?

Atualizado: 23 de mar. de 2023

Entenda qual é o objetivo de uma escola bilíngue e como ela funciona.

Há alguns anos as escolas bilíngues vem ganhando destaque nas buscas das famílias pela melhor opção de educação para seus filhos.

Como esse fenômeno é recente, há uma infinidade de formatos e propostas que levam o nome de bilíngue, provocando certa confusão entre as famílias.

Neste artigo, buscaremos trazer algumas informações importantes para melhorar esse entendimento.

O que é uma escola bilíngue?

Como definição, escola bilíngue é aquela que não só traz aulas de inglês (poderia ser qualquer língua adicional, mas usaremos o inglês aqui por serem as mais comuns), mas se organiza em todos os seus aspectos nos dois idiomas.

Assim, a escola bilíngue traz conteúdos em português e inglês, leituras em português e inglês, referências em português e inglês, aspectos culturais relacionados a português e inglês.

O objetivo da escola bilíngue é que o estudante adquira a língua da maneira mais natural possível, sendo exposto a pessoas, materiais e referências que o colocarão em contato com a língua alvo de maneira interessante, lúdica e significativa.

O inglês vai fazendo parte da rotina em todos os seus aspectos e compondo o dia-a-dia escolar de maneira fluida.

Qual é a importância da educação bilíngue?

Mas por que isso é importante? Para além de objetivos específicos de cada família: planos de morar no exterior, escolha da faculdade em país de língua inglesa, etc, é inegável que o inglês se coloca para o estudante de hoje como uma demanda muito grande.

Além de ser essencial para melhores condições de trabalho no futuro, ser bilíngue proporciona acesso. Acesso a mais materiais, a mais pessoas, a uma maior variedade de cursos e referências (em qualquer tema).

Os pais que têm dificuldade com a língua sentem na pele essa importância! Os estudantes que vivem a educação bilíngue logo percebem a potência desse acesso.

Ao pesquisarem um tema se deparam com vários vídeos e textos que não estão disponíveis em língua portuguesa.

Em oportunidades como a da imagem acima, de entrar em contato com especialistas de um determinado tema, percebem que o inglês permite que eles possam interagir, perguntar, compreender sem a intermediação de terceiros.

Eles também notam a importância desse acesso em jogos, interações sociais na internet, viagens, etc. É um mundo que se abre para que eles possam interagir e explorar.

Esse mundo está dado, disponível, mas para o estudante da escola bilíngue, ele é parte do dia-a-dia de uma forma muito natural.

O sujeito bilíngue

“O sujeito bilíngue é capaz de transitar por duas línguas, de acordo com o contexto e suas necessidades." - (Garcia, 2009)










Uma das grandes discussões em torno do tema bilinguismo é quando uma pessoa pode ser considerada bilíngue. Será preciso que ela tenha controle nativo das duas línguas?

Ou será que, tendo competência mínima em pelo menos uma das quatro habilidades ela já poderá ser chamada de bilíngue? A dificuldade de definir um bilíngue é imensa, em função das muitas variáveis que o termo encerra.

Se pensarmos no mundo contemporâneo e em toda sua complexidade, a ideia de bilinguismo relacionado a acesso parece trazer luz a essa discussão.

Ao pensarmos em um estudante capaz de transitar por duas línguas (usá-las alternadamente), não especificamos em que contexto, por qual pessoa ou com qual objetivo este uso se dá, garantimos a abrangência necessária para que os estudantes transitem com acesso a mais conhecimentos, mais pessoas, mais culturas, mais materiais e mais oportunidades.

Com isso em mente, listamos abaixo alguns dos objetivos da educação bilíngue da Wish School:

  • Fomentar o Inglês como uma ferramenta de ACESSO. Acesso a conhecimento, pessoas, culturas, oportunidades, etc.;

  • Promover a tolerância e respeito por outros grupos linguísticos e culturais. Valorizar a diversidade humana;

  • Ajudar os educandos a se tornarem cidadãos globais e responsáveis, sabendo atuar além das culturas.

É importante lembrar que a língua materna, no caso o português, é considerada e respeitada. Ela é usada em diversos momentos na escola e é formalmente ensinada.

Ainda quando estão dentro de um contexto bilíngue, as crianças usam a língua materna em suas interações.

Diferentes escolas bilíngues vão ter diferentes olhares, abordagens e objetivos.

O que é importante é que os pais tenham clareza do que procuram e porque motivos buscam a educação bilíngue para poderem fazer uma escolha mais acertada.

Para conhecer mais sobre a educação bilíngue como acesso - objetivo principal dessa proposta no contexto da educação holística - entre em contato com a gente



Por:

Andressa Lutiano

Mestre em Educação Transformadora pela Antioch University. Graduada em Letras pela USP e pós graduada em educação bilíngue pelo Instituto Singularidades. Sócia-fundadora da Wish School - escola reconhecida pela MEC como criativa e inovadora. Palestrante de diversos eventos sobre educação, incluindo os internacionais World Forum e Innovate, e facilitadora de grupos que buscam ser a mudança que sonham para a educação, conta sobre os processos transformadores promovidos pela Wish. Entusiasta e estudiosa de iniciativas inovadoras em educação, já rodou o mundo para conhecer as mais variadas propostas que servem de inspiração para a educação que propõe.

62 visualizações0 comentário
bottom of page